domingo, 17 de agosto de 2014

Pizzada Caseira Vegetariana

Fiz uma pizzada para meus primos neste sábado (Dênis e sua esposa Erika com o querido Felipe e Claudia, além de Estela é claro). Adoro receber e conzinhar para as pessoas e fazer experiências culinárias. Desta vez não foi nada de mais, apenas a velha e boa pizza que aprendi a fazer com meus alunos de special needs  e tenho reproduzido receitas variadas desde então. Desta vez fiz duas massas: uma branca e outra integral. Para a branca, 1 kg de farinha de trigo + um pouco de azeite e sal + 1 xícara de água morna (aproximadamente) e 30g de fermento biológico fresco. Tive que acrescentar água para dar o ponto. Em outro momento faço um post de pizza passo a passo. Para a massa integral, fiz com 500g de farinha de trigo integral, 200g de farinha de trigo branca, e o resto igual a outra. 

`Para os recheios tivemos algumas variedades: margheritta com manjericão de casa; tomate e muçarela. Teve de shitake com pimentão, azeitona preta e parmesão; de berinjela com azeitonas e queijo; abobrinha, cebola, azeitona e muçarela; brócolis, etc.....para terminar, Romeu e Julieta. Abaixo, duas delas: 

 
PS: Alguns ingredientes eram orgânicos: tomate, pimentão, shitake, farinha de trigo integral. 

domingo, 10 de agosto de 2014

Muffin Romeu e Julieta

Muffin light e semi orgânico como sempre!

Primeiramente, misturar os ingredientes "molhados": 1 ovo (Korin), 1 potinho de iogurte integral natural, 1/3 xícara de óleo, 1 banana nanica bem madura amassada com 1 colher de mel.

Depois acrescentar os "secos": 1 xícara de farinha integral orgânica; 2/3 farinha de trigo branca, 1/2 xícara de adoçante de estévia (Stévita).
Misturar tudo até formar um creme homogêneo:

 

Colocar a massa nas forminhas de muffin e acrescentar quadradinhos de queijo meia cura e goiabada cascão.

Assar por aproximadamente 40 minutos. Não usei fermento. Foi um acidente que deu certo, ficou muito bom sem!


terça-feira, 5 de agosto de 2014

Frango "O que é isso companheiro"

Em homenagem à greve da USP que já dura mais de dois meses, batizei este frango que ficou tão bom que me deixou sem palavras, afinal, "o que é isso companheiro".

Usei filé de coxa e sobrecoxa, sem pele e desossado, da marca Korin (a marca do frango supostamente feliz), temperei com sal, alho e azeite, coloquei em uma assadeira de vidro refrataria. Em separado temperei uma berinjela pequena fatiada com mais cebola, shoyu e mais azeite e joguei por cima. Cobri tudo com alho poró e assei por aproximadamente uma hora. Ficou...nossa, super leve. Geralmente a gente faz frango com batata, o que é uma delícia, mas pode ser meio pesado para comer a noite ou para jovens senhoras em dietas eterna ; ). Esta forma é rápida e fácil (temperei logo após chegar em casa depois do treino, fui tomar banho, fiz a salada de avocado e mais um pouquinho o frango já estava pronto).

Salada de Avocado com Nachos

Minhas experimentação culinárias são fruto das sensações mais variadas; cheiros, imagens, lembranças....e compartilhamentos. Há dois dias fui ao Pão de Açucar perto do trabalho no horário de almoço com minha chefe, a Maria, já falei dela e seus poderes de deusa grega (ou cipriota, tanta faz). Lá ela comprou avocado, não é abacate, é avocado. Aquele pequenininho, de acordo com ela mais saboroso. E para que? Para comer com limão e sal. Sim, não como nós brasileiros com um delicioso quilo de açucar. Então, compre um para experimentar algo diferente. E hoje, fiz esta salada magnífica:

algumas folhas de alface
um tomate picado
algumas cebolinhas picadas
o tal avocado
limão
sal
azeite
e Doritos sabor original

E o resultado foi exquisite! Amanhã comprarei mais avocado!


sábado, 2 de agosto de 2014

Refeição Vegana

Hoje recebi meu pai e sua esposa para almoçar e resolvi fazer um almoço diferente. Fizemos uma refeição vegana.

Peguei uma panela grande, reguei de azeite extra virgem, aqueci e fritei meia cebola. Quanto esta já estava dourada, coloquei 125g de carne de soja (previamente de molho e escorrida) para fritar junto e acrescentei 200g de shitake fatiados. Após dourarem juntos, acrescentei um brócolis ninja, uma cenoura e duas xícaras de ervilhas tortas previamente cozidos no vapor. Por cima coloquei dois talos de alho poró, uma pouco de cebolinha e coentro picados e deixei mais um pouco no fogo (slow cooking). Quando pronto reguei com shoyu.

Servi com arroz 8 grãos da marca Biju que encontrei no Wal-Mart. Este foi cozido na panela elétrica de arroz tem tempero algum.